Atendimento

Presencial e Online

contato@lilianalencar.com

Fale conosco

Portugal

R. Rodrigues Sampaio - Lisboa

Mentiras, você gosta delas?

Mentiras, você gosta delas?

Você já se perguntou por que comemoramos o dia da mentira no mundo todo?

Hoje eu vou conversar com você sobre o quanto a mentira pode estar presente na sua vida.

Afinal, estamos em abril onde se comemora essa data e também foi a Páscoa no último fim de semana. Que tal refletirmos sobre tudo isso junto?

Vem comigo. 😉


1- A origem do dia da mentira

Na semana passada foi comemorado o dia 1º de abril, dia da mentira, no mundo todo. 

Quando pensamos no dia da mentira, logo lembramos de pegadinhas e/ou brincadeiras. Às vezes, até mesmo nos lembramos de alguma “brincadeira” de mal gosto que sofremos ou que testemunhamos. 

A origem desta data remete ao reinado de Carlos 9º na França. Nessa época, o Ano Novo era comemorado a partir do dia 25 de março indo até o dia 1º de abril.

Em 1562, o papa Gregório 13.º instituiu o calendário gregoriano, trazendo a data do ano novo para 1º de janeiro.

Na França, Carlos introduziu o calendário gregoriano a partir de 1564. Porém, a população francesa não se adaptou de imediato ao calendário e continuou seguindo a comemoração do ano novo antiga.

As brincadeiras de 1º de abril surgem quando algumas pessoas começam a fazer gozação com os apegados às antigas tradições e começam, por exemplo, a fazer convites para festas inexistentes, etc. 

Essas brincadeiras foram se estabelecendo e hoje comemoramos o dia da mentira.

Partilho com você algo pessoal. Eu desde muito jovem nunca gostei dessa data. Sempre me questionava “para que serve isso? qual a graça dessas brincadeiras ? Eu não conseguia rir.

Afinal, nós deveríamos comemorar o dia da verdade, porque o que realmente desejamos é receber a verdade das pessoas, concorda? 

E você, já se sentiu desconfortável com essa comemoração?

Você conhecia essa origem inusitada?


2- Você sabia que a mentira se torna um hábito?

mentira-lilianalencar


Desde crianças nossos pais nos ensinam que “mentira tem perna curta” ou que “mentir é feio”.

Mas, ao longo da vida vamos descobrindo as mentiras ao nosso redor e nos perguntando: porque mentiram para mim?

Mas, quando chega o dia da mentira nós somos estimulados a fazer pegadinhas ou dizer “mentirinhas bobas’. 

Por que isso acontece? 

Você particularmente gosta que mintam para você? 

Nunca conheci uma pessoa que afirma gostar da mentira. Você conhece?

Podemos também ver nos meios de comunicação diversas mentiras sendo espalhadas como verdade. Veja por exemplo os danos que as fake news vem causando em todo o mundo. 

Uma informação errada e/ou mal intencionada pode prejudicar a saúde de uma pessoa ou até mesmo colocar sua vida em risco, por exemplo. E isso é algo muito sério.

Além disso, a hábito vem de pequenos comportamentos repetidos. Ou seja, a mentira pode se tornar algo comum na vida de uma pessoa, porque você pode dizer “mentiras bobas” que não tem o propósito de magoar ninguém ou de prejudicar. Quem nunca mentiu porque, por exemplo:

  • não queria ser rude com outra pessoa;
  • queria evitar magoar os sentimentos de alguém;
  • procurou cancelar algum compromisso ou evitá-lo;
  • dentre outros exemplos.

Portanto, a mentira se torna parte da sua vida. E esse comportamento de mentir se transforma num hábito de defesa, porque você procura evitar um desconforto ou a necessidade de dar explicações ou justificativas constantemente.


3- Mentir ou renascer na verdade?

mentira-lilianalencar

Por outro lado, você pode achar que precisa mentir para ajudar alguém que está em perigo, por exemplo.

Nesse caso, procure se questionar e veja se realmente você não consegue também um bom resultado por meio da verdade.

Além disso, a mentira também é um grave problema quando mentir se torna um caminho para viver uma farsa. Isso porque a pessoa se afasta da realidade e começa a viver a mentira que ela criou.

Nesse ponto ela passa a ter a necessidade inconsciente de mentir para manter o mundo que ela mesma criou. E isso vai prejudicar a vida dela e também a vida das pessoas em volta dela.

No fim de semana passado foi comemorado a Páscoa. Não é ironico que a data da Páscoa geralmente ocorre proximo do dia que as pessoas brincam de mentir?

Páscoa é uma tradição cristã que celebra a ressurreição de Cristo. Em resumo, toda aquela história riquíssima fala sobre renascer. E será que isso não deve ser algo para ser feito no nosso dia a  dia? 

 Então porque não deixamos morrer o dia da mentira e renascemos com a importância de se dar o foco em falar a verdade? 

Se você concorda comente e compartilhe esta reflexão com seus amigos!

Um abraço da Lih 🙂

Picture of Lilian Alencar
Lilian Alencar é apaixonada pelo saber e criadora do Método Mente-Livre, revigorou seu blog para desafiar-se e poder contribuir com quem gosta de ler. Defensora incansável da proteção à infância e acredita profundamente na leveza das relações, com parcerias transparentes e sem barreiras de rivalidades entre homens e mulheres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Links Úteis

Localização

Lilian Alencar | Todos os direitos reservados , onde é  expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte sem autorização expressa de 2463000700156 

  | Copyright ©2024 | Feito com muito carinho por nós para chegar até você ♥ 

Esse site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência por aqui. Clique aqui para saber mais.