Atendimento

Presencial e Online

contato@lilianalencar.com

Fale conosco

Portugal

R. Rodrigues Sampaio - Lisboa

O Poder das Palavras: Energia

O Poder das Palavras: Energia

Para conhecer o poder das palavras neste texto, quero trazer mais do que dados científicos, ou livros que falam a respeito do tema. Quero trazer a realidade, utilizando de exemplos práticos, e claro, reais.

Meu convite agora é que você, meu leitor, se permita fazer um exercício. Responda as perguntas abaixo em reflexão sobre o poder das palavras.

Experimente por alguns instantes se recordar de uma situação em que alguém lhe disse algo muito bom. Lembre de um elogio ou uma notícia muito boa. Lembrou?

Agora pense por um instante no sentimento de entusiasmo vindo pelo poder dessas palavras. Se permita sentir novamente isso.

Logo, essa pessoa lhe trouxe algo bom para o seu dia. Acabou motivando você positivamente por palavras ou até gerou alguma ação para bons resultado.

A pergunta principal de toda essa situação é: você lembra quem foi essa pessoa? Possivelmente sim!

Agora vamos fazer o inverso. Procure se lembrar de alguma situação em que alguém te disse algo ruim. Que acabou lhe trazendo algum tipo de desconforto emocional, ou resultou em alguma consequência ruim.

Você consegue lembrar também quem foi essa pessoa? Consegue se lembrar do lugar, situação ou contexto em que aquilo aconteceu?

É normal que consigamos lembrar de pessoas e situações em ambos os casos, negativas ou positivas.

Você experimentou exemplos práticos, reais do dia a dia. Com isso pôde evidenciar o poder que as palavras tem , e o quanto podem influenciar no que fazemos.

Quando percebemos que estamos vivendo isso, por meio de outra pessoa, significa que alguém pode estar vivendo também, por meio de nós, eu e você.  

Pausa para uma reflexão! Se eu já vivenciei algo e me afetou devido ao que outra pessoa me disse, o que eu estou emitindo para as pessoas?


O que Ando Falando?

Será que eu estou prestando atenção que o que eu falo também tem poder para alguém? Essas palavras tem sido usada para a construção, ou para a destruição?

Inclusive quero aqui indicar um filme, baseado em fatos reais, que tem muito haver com esse nosso tema de hoje. Traz a dimensão do que estou a descrever. O filme se chama: Mãos talentosas.

Vejam o que o poder das palavras daquela mãe foi capaz de gerar ao garoto. Depois me contem o que acharam aqui nos comentários 🙂

É muito importante, que façamos a reflexão sobre essa questão que nos parece tão simples, não é mesmo? Com isso pode escolher melhor com quem falar ou silenciar.

Perceba, se alguém me pergunta como foi o meu dia, e eu respondo que “ele foi uma porcaria”, significa que eu estou espalhando porcaria.

Agora, se eu respondo “foi um dia muito bom, sem grandes novidades e abençoado”, estarei espalhando tranquilidade ou algo do tipo. Certo?!

Palavras Gerando Ações

Palavras


Compartilharei agora aqui com vocês também dois exemplos meu, dentro desse tema, que realmente me gerou ações importantes. Darei um exemplo em cada polaridade.

Compartilharei agora aqui com vocês também dois exemplos meu, dentro desse tema, que realmente me gerou ações importantes. Darei um exemplo em cada polaridade.

  • Positivo:

Isso ocorreu quando eu ainda morava ainda no Brasil, anos atrás. Durante um período de férias que me dei, encontrei no percurso uma prima que eu não via a muitos anos.

Em meio uma boa conversa, ela entrou em um tema que eu não conhecia e disse palavras de possibilidades. Me mostrou um mundo, que eu nunca pensei, trouxe isso de forma carinhosa em meio a palavras.

Morar em outro país nunca foi um sonho meu, porém a maneira como ela apresentou o possível projeto, foi importante para mim. Sem perceber, ela conectou em mim pontos de relevância.

As palavras positivas me abriram portas. Essa conversa foi bastante interessante, e em quatro semanas depois, eu já estava embarcando para fora do Brasil, na Irlanda.

Como eu não sabia falar nada inglês, as vezes me juntei a alguns colegas para estudarmos juntos a nova língua.

  • Negativo:

Um outro exemplo, eu já estava morando na Irlanda. Estava em meus primeiros meses de moradia por lá e acabei conhecendo alguns amigos brasileiros.

Certa vez, eu estava na casa de um desses amigos para estudar. Morava lá um estrangeiro e também um outro brasileiro, que já estava há mais de 3 anos na Irlanda.

Na época ter um brasileiro com bom emprego e ser bem-sucedido, tornava-se uma “referência” aos olhos de nós novatos.

Nesse dia específico, esse colega “referência” entrou em uma de nossas conversas. Papo vai e papo vem, saiam frases como: 

  • “o inglês é uma língua muito difícil de se aprender” ,
  • ” não se aprende inglês como em um toque de mágica”,
  • “leva-se muitos anos para aprender inglês aqui”,
  • e por aí vai…


O que Falo e o que Escuto

Falo e Escuto

Ainda seguindo… foram várias palavras ditas, porém todas com o mesmo sentido e energia, negativa.

Me recordo que mentalmente, eu buscava neutralizar aquilo que ele disse e eu pensava o oposto, o positivo das frases.

Por fora fiquei bastante triste com que ele havia dito, mesmo falando comigo mesma sozinha frases positivas. Trazendo-me mais tarde danos.

Acontece que a tristeza que aquilo me gerou (sentimento interno) trouxe toda aquela realidade para o meu aprendizado da língua por muito tempo lá na frente…

Por que estou compartilhando essa situação com vocês? Para mostrar o real poder das palavras.

Eu realmente tive dificuldade em aprender a língua inglesa, levei muito mais tempo que outros colegas, foi estranho e decepcionante.

Claro que hoje como profissional da área de desenvolvimento eu consigo compreender os motivos pela qual isso ocorre na mente, coisa que antes eu não sabia.

É claro a mim também, que jamais, coloquei ou coloco a responsabilidade em ninguém. É de minha responsabilidade, meus atos e escolhas.

Hoje, reconheço minha fragilidade emocional naquele momento, eu estava em país novo e muito mais suscetível em diversos aspectos.

Em contra partida, pensar sozinha sobre algo bom não foi o suficiente para bloquear o que ele me disse.

Resumidamente, reconheço que o momento frágil facilitou tudo e eu inconscientemente assumi o que ele disse, como uma verdade em minha mente.

Aproveito para dar duas dicas preciosas a vocês, caso venham viver algo semelhante :

  • Tenha em mente agir rapidamente, sobreponha a sua opinião sobre o tema. Diga em voz alta!
  • Gere na sequência de uma mudança de assunto e com tema positivo. Contagie o ambiente com a nova energia 😉

Falar ou Silenciar?

Falar ou Silenciar

Veja os estragos. Todas as vezes nas quais eu passei dificuldade, eu não conseguia entender o porquê de estar sendo tão difícil aprender inglês…

Só depois de um bom e longo tempo, que eu percebi que vinha as falas do tal colega, na minha cabeça. Ao lembrar eu sempre me sentia mal.

Hoje como coach e hipnoterapeuta sei que assumi na mente aquela “sugestão”. E pude  sentir na pele o poder das palavras erradas.

Quer incentivar alguém? Use palavras amorosas  e com real intenção positiva. O poder das palavras são enorme!

O que aprendi?  Que devemos parar de estar em ambientes negativos, que nos colocam para baixo.

Bom, espero ter contribuído e para fechar com chave de ouro, se sentir por alguma razão um vontade de falar algo e não tem certeza que pode contribuir, a dica é: silêncio!

um abração!

Se gostou do artigo deixe seu comentário e compartilhe!



Picture of Lilian Alencar
Lilian Alencar é apaixonada pelo saber e criadora do Método Mente-Livre, revigorou seu blog para desafiar-se e poder contribuir com quem gosta de ler. Defensora incansável da proteção à infância e acredita profundamente na leveza das relações, com parcerias transparentes e sem barreiras de rivalidades entre homens e mulheres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Links Úteis

Localização

Lilian Alencar | Todos os direitos reservados , onde é  expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte sem autorização expressa de 2463000700156 

  | Copyright ©2024 | Feito com muito carinho por nós para chegar até você ♥ 

Esse site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência por aqui. Clique aqui para saber mais.