Atendimento

Presencial e Online

contato@lilianalencar.com

Fale conosco

Portugal

R. Rodrigues Sampaio - Lisboa

O que é Transformação: Qual a Diferença entre Transformação e Mudança?

Diferença entre Transformação e Mudança

O que é Transformação: Qual a Diferença entre Transformação e Mudança?

Para que possamos falar sobre o que é a transformação, antes precisamos entender as divergências entre “transformação e “mudança”. Elas podem parecer como sinônimos, e, apesar de terem suas semelhanças, contam com diferenças significativas.

A transformação é algo bem mais profundo do que a mudança. É algo que realmente parte de dentro para fora de cada um de nós, e por isso, é difícil até mesmo expor sobre ela por meio de palavras, mas no artigo de hoje, vamos estabelecer essa diferenciação, confira.

Significado de Transformação e Mudança

Mudanças


Indo até o dicionário e procurando pelo significado das palavras “mudança” e “transformação”, você encontrará alguns pontos em comum. Porém, é preciso entender que o segundo termo é uma ação que não pode ser desfeita, já no primeiro caso, é possível retomar ao que se era antes.

Vamos conferir alguns exemplos do cotidiano para que você entenda melhor o que estou querendo dizer: Imagine que uma mulher está indo ao cabeleireiro. Ela é uma pessoa morena, mas opta por ficar loira e realiza um procedimento de descoloração dos fios, saindo do salão bem diferente de como entrou.

Num primeiro momento, muitos dirão que ela passou por um processo de transformação. Entretanto, ela não “é” uma pessoa loira, ela apenas “está” loira: quando o seu cabelo crescer, continuará castanho, diferentemente de uma pessoa que já nasceu naturalmente com os cabelos mais claros.
Por isso, o exemplo acima se trata de um processo de mudança, e não de uma transformação.

Quando você resolve mudar um quadro da sua casa de lugar ou até mesmo faz com que um quarto, que antes era de uma pessoa que se mudou, vire um escritório, também se trata de um processo de mudança.

No momento em que você enjoar daquele quadro ou caso a pessoa que se mudou volte a morar com você, ou no caso da mulher do primeiro exemplo, ela resolva voltar a ser morena, é possível fazer com que tudo seja como era antes da mudança. Já com a transformação, isso não é possível.

Imagine que uma pessoa sofre um acidente, acaba machucando o seu dedo e precisa passar por uma cirurgia no qual o mesmo termina não voltando para o lugar correto ou precisa ser amputado, como o do dedo do ex-presidente Lula da Silva, por exemplo. Isso é um exemplo de um processo de transformação.

Se em um acidente, uma pessoa acaba perdendo uma perna, mas coloca uma prótese no lugar, ainda faz parte do mesmo processo, porque por mais que ela tenha colocado algo para substituir, a perna natural não crescerá novamente, o que também configura uma transformação.

Ao trazer o desenvolvimento desses acontecimentos para o lado humano, percebemos como atua o nosso pensamento e comportamento perante outras pessoas.

É possível perceber uma mudança não apenas quando ela decorre em nós mesmos, mas também quando ela acontece com alguém que conhecemos, uma pessoa mais próxima.

Enxergar esse processo no outro não significa que você nunca tenha passado pela mesma situação… apenas lembre-se de como você era há alguns meses ou anos atrás e se compare com o seu eu de hoje.


Por Que Desejamos Mudar o Outro?

Mudar o outro


Mas em quais momentos posso perceber os processos de mudança e transformação?
Um exemplo de quando essa modificação pode aparecer é quando passamos por situações de “discussões intermináveis”, nas quais duas pessoas nunca conseguem chegar em um comum acordo, como em um relacionamento, por exemplo.

Imagine que você conheça um casal que está a todo momento discutindo entre si, que se origina no fato de que um, ou ambos, querem que o outro mude. Mas, por que isso acontece? O fato desse desejo de querer que o seu parceiro mude algo da sua personalidade, pode ser entendida, na verdade, como uma aspiração de almejar mudar um mundo.

Esse desejo acaba não sendo suprido, pelo menos não em um curto prazo, e termina-se por querer mudar aqueles que estão ao nosso redor, como o parceiro, por exemplo. Essa atitude acaba revelando outra questão: Será que você tem mais poder sobre o outro, ou sobre você mesmo?

Muitas vezes acabamos alimentando a ilusão de que estamos exercendo poder sobre nossos parceiros, amigos ou pessoas próximas a nós. Mas não passa de ilusão. A verdade, é que esse “poder” é algo momentâneo e revela a existência de uma “doença” em nossas mentes. Como um grande equívoco ou até mesmo chegando a um transtorno de possessividade. E isso machuca e até adoece o indivíduo que busca impor a mudança, e aumenta o conflito na maioria das vezes entre ambos os lados.

Nós só podemos ter poder em nós mesmos e no que decorre em nossas mentes. O que acontece, é que muitas vezes achamos que não possuímos a “posse” sobre nossos próprios corpos e mentes. Por isso, acabamos tentando “cuidando da vida do outro” em vez de cuidar da nossa própria existência.

É mais cômodo e fácil se iludir com essa falsa posse justamente porque a nossa única obrigação seria em apontar no outro qual mudança ele deveria fazer, embora isso seja algo que só conseguimos fazer em nós mesmos.

Mas se eu apenas tenho posse sobre mim mesmo, por que busco tanto possuir outras pessoas e não consigo realizar essa mudança a mim mesmo?

Penso que essa vontade vem justamente da vontade que temos de mudar o nosso entorno, de fazer uma verdadeira transformação, conceito no qual iremos nos aprofundar a seguir.

Está gostando desse tema? Veja a continuação desse tema aqui no link.

Picture of Lilian Alencar
Lilian Alencar é apaixonada pelo saber e criadora do Método Mente-Livre, revigorou seu blog para desafiar-se e poder contribuir com quem gosta de ler. Defensora incansável da proteção à infância e acredita profundamente na leveza das relações, com parcerias transparentes e sem barreiras de rivalidades entre homens e mulheres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Links Úteis

Localização

Lilian Alencar | Todos os direitos reservados , onde é  expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte sem autorização expressa de 2463000700156 

  | Copyright ©2024 | Feito com muito carinho por nós para chegar até você ♥ 

Esse site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência por aqui. Clique aqui para saber mais.